Medicamento para dengue só é viável em 10 anos


Medicamento para dengue só é viável em 10 anos O ideal é que o
medicamento seja tomado no aparecimento dos primeiros sintomas e que
combata os quatro tipos de vírus da dengue

Tomar um comprimido e ficar livre do vírus da dengue deve demorar uns dez anos para se tornar realidade. O prognóstico é do diretor mundial de pesquisa e desenvolvimento para doenças tropicais da
Novartis, Paul Herrling, que participou no início da semana, em Olinda, do XLV Congresso da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical, evento que reúne três mil especialistas do Brasil e de outros
países. Os estudos que visam desenvolver o medicamento começaram há cinco anos, no nascimento do Instituto de Pesquisas em Doenças Tropicais, instalado pela Novartis em Cingapura, na Ásia. Segundo
Herlling, estão sendo realizados testes em animais com uma droga inibidora da polimerase, enzima que possibilita a criação de cópias do vírus. O projeto de pesquisa está orçado em US$ 50 milhões e que
a expectativa é iniciar, em 2010, os ensaios clínicos em humanos. Para isso, o instituto está tentando encontrar parceiros na América e na Ásia. As informações são do Jornal do Commercio.